A concessionária responde e se engaja nos sites? As respostas são enlatadas?

Os links de categoria para áreas de envolvimento fora dos limites da
concessionária, como um link para “Na comunidade”, expressam tacitamente
conexões que inspiram confiança no comprador. Qual o nível de envolvimento da
concessionária em sua comunidade? A partir daqui, siga os links dos sites para os
sites da concessionária nas redes sociais. A avaliação desses sites deve ser como
a do site principal, passando de impressões amplas, gerais e iniciais para análises
mais focadas dos tipos de postagens e avaliações da concessionária. As
postagens são, em sua maioria, discursos de vendas? Eles fornecem links para
artigos voltados para educar o consumidor e melhorar o serviço? Existem
postagens reconhecendo as realizações dos colaboradores (dentro e fora do
trabalho), sinal de que a concessionária considera seu pessoal gente tanto quanto
colaboradores.
O envolvimento dos visitantes na forma de comentários, curtidas, resenhas,
compartilhamentos ou retuítes fornecem evidências de atividade virtual, o que para
pelo menos alguns segmentos da população equivale a um burburinho da vida
real. Sites de mídia social inativos ou gerenciados preguiçosamente sugerem que
os clientes têm pouca lealdade ou que as estratégias de marketing precisam ser
resgatadas da Idade Média.

https://www.bariguiseminovos.com.br/blumenau