Os três suspeitos, de 29, 30 e 37 anos, foram presos, ontem, pela Polícia Militar após denuncias anônimas de que um deles estava em um GM Ômega e outro em uma Honda Twister no bairro Parque das Araras, sentido BR-163. Eles foram abordados e entraram em contradição. Depois de algum tempo, acabaram revelando a participação no crime e contaram que o outro suspeito estava escondido em Cláudia, no assentamento Zumbi do Palmares.

A PM deslocou em busca do terceiro envolvido e durante a abordagem ele tentou sacar uma arma, mas os policias atiraram. Ele ainda tentou fugir, mas acabou sendo preso. Ele não ficou ferido.

No assentamento foi localizada uma GM S-10 preta, possivelmente a mesma utilizada para roubara a Toyota Hilux branca em Eldorado, distrito Tapurah (267 quilômetros de Sinop). Porém, a placa constava como sendo de outra caminhonete, através do número do chassi os policiais descobriram que ela era roubada.

Na propriedade utilizada como esconderijo foram encontrados várias munições de arma de fogo, colete balístico, rádios amadores, uniformes camuflados, GPS, diversos defensivos agrícolas.

Um dos suspeitos estava com dois mandados de prisão em aberto. Não consta no boletim de ocorrência o crime cometido.

Conforme Só Notícias já informou, os criminosos trocaram tiros com a polícia na última quarta-feira na região de uma fazenda nas proximidades do aeroporto em Sinop. Ninguém ficou ferido. Os criminosos correram para mata, os militares fizeram buscas, mas eles não foram localizados.

No começo da noite, um homem, de 32 anos, foi preso em um posto de combustíveis na BR-163, a cerca de 7 quilômetros do centro da cidade, em um GM Corsa sedan branco, por suspeita de dar apoio aos criminosos. Aos policiais ele disse que por volta das 12h, pegou um primo que veio de Cuiabá e deixou na ponte do rio Teles Pires, onde ele entrou em uma caminhonete GM S10 preta. E que não tinha conhecimento do roubo.

Eles teriam ido até a fazenda e, Eldorado, onde roubaram uma Toyota Hilux branca de um fazendeiro. Depois, fugiram em direção a Sinop, onde houve o confronto com os policiais.