As polícias Civil e Militar conseguiram prender o líder da quadrilha que torturou um fazendeiro, no último sábado (24), em São José do Rio Claro (aproximadamente 300 km de Sinop). A prisão ocorreu nesta quinta-feira 28, em uma residência do município.

O ‘chefe’ do bando apresentou nome falso. O suspeito, cujo nome verdadeiro é Wellinton Nascimento Castro, 30 anos, possui passagens por roubo e homicídio. O bandido usava o nome do irmão para praticar os roubos em Mato Grosso.

O criminoso está preso na delegacia e aguarda a autorização da Justiça para ser transferido. O policiamento foi reforçado até que seja proferida a decisão do juiz.

Segundo as investigações, cinco bandidos participavam da quadrilha, mas apenas quatro tiveram ligação direta no crime

Como já informado, a operação em conjunto entre policiais civis e militares resultou na prisão do quarto homem que participou no roubo de uma fazenda no município de São José do Rio Claro.

O delegado Marcelo Carvalho confirmou que Diego Rosa Fernandes, conhecido como Bebê, de 19 anos, foi preso ainda no município.

Ainda conforme o delegado, os bandidos foram extremamente violentos e chegaram a cortar uma das orelhas do proprietário da fazenda.

Na noite do crime, os bandidos foram à fazenda em motos. Eles amarraram as vítimas, cortaram a orelha do fazendeiro e fugiram levando diversos pertences, como TVs, notebook, celulares e veículos. Tudo foi recuperado na mesma noite pelas Polícias Civil e Militar.