Assaltantes abandonaram diversas caixas de agrotóxico que foram furtadas de uma fazenda em Canarana, depois que a caminhonete que eles usavam atolar em uma lavoura de soja. De acordo com a Polícia Militar, os suspeitos conseguiram fugir.

Funcionários da fazenda chamaram a polícia depois que encontraram a caminhonete parada a 500 metros no meio da soja. Diversas caixas de agrotóxicos estavam no veículo e jogados na lavoura. Os produtos foram furtados de um depósito na propriedade rural. Segundo a PM, a caminhonete atolou e os assaltantes tentaram tirar a carga para deixar o veículo mais leve.

Os suspeitos também abandonaram dois carrinhos de mão que teriam sido usados na ação, além de uma ferramenta que quebrou o cadeado do depósito. Um celular foi encontrado em cima de uma das caixas de agrotóxico.

Os funcionários contabilizaram que quase 100 caixas foram furtadas do depósito. Não se sabe se essa quantia é a mesma que foi encontrada na lavoura.