Os cuiabanos terão um “refresco” em relação ao habitual calor. Os próximos dias prometem ser chuvosos na Capital segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). De hoje até sábado, a probabilidade de chuva fica em 80%. Nos dias seguintes da próxima semana também deve chover. A dica é carregar sempre um guarda-chuva.

Para hoje o INPE prevê dia nublado com pancadas de chuva a partir da tarde. Muitas nuvens com curtas aberturas pela manhã com pancadas de chuva localizadas que poderão ser fortes e vir acompanhadas de trovoadas a partir da tarde. A temperatura deve variar na mínima de 25 graus e máxima de 36. Apesar das chuvas, a umidade relativa do ar continua baixa, em 18%.

Na sexta-feira a temperatura varia entre 27°C e 34°C com 80% de possibilidade de chuva. O INPE prevê pancadas de Chuva e variação de nuvens e pancadas de chuva localizadas que poderão ser fortes e vir acompanhadas de trovoadas a qualquer hora do dia. No sábado as condições meteorológicas se repetem, com possibilidade de chuva a qualquer hora do dia e temperatura variando entre 25 e 32°C.

No geral, a chuva é esperada em vários municípios de Mato Grosso, mas a umidade relativa do ar ainda deve permanecer baixa. Estão previstas chuvas para os próximos dias em Santo Antônio do Leverger, Barão de Melgaço, Cáceres, Barra do Bugres, Rondonópolis, Barra do Garças, entre outros.

Por conta da baixa umidade relativa do ar variando entre 12 e 20% o Instituto de Meteorologia faz um alerta. O INMET confirma que há risco de incêndios florestais e à saúde. Além de atentar para o ressecamento da pele, desconforto nos olhos, boca e nariz.

RIOS EM ALERTA – Os baixos níveis dos rios já trazem uma situação de alerta em diversas regiões de Mato Grosso. Monitoramento diário da Secretaria de Estado de Meio Ambiente aponta atenção para quatro rios em Mato Grosso. A estação em Cáceres, no Rio Paraguai com 86 centímetros já está em situação de déficit conforme o monitoramento. A estação Barra do Garças, Rio Garças, com 61 centímetros está abaixo.

Já a estação no município de São Félix do Araguaia, Rio Araguaia, com nível de 260 centímetros está em situação de déficit. Em Peixoto do Azevedo, o Peixoto está com nível de 443 centímetros com situação tipificada como abaixo. O levantamento dos rios tem refletido um alerta nos últimos dias. A expectativa é que as chuvas possam minimizar o problema. (AA)