O Conselho Tutelar de Itanhangá registrou na semana anterior possíveis situações de abuso sexual no Distrito de Simione.

Segundo informações policiais, quatro crianças viam sendo abusadas. No primeiro caso trata-se do suspeito J.D.S., este que possivelmente seria um parente próximo aos menores (avô), esta informação ainda esta sendo investigada pela Polícia Civil.

Segundo boatos regionais, na data desta última sexta-feira (01), populares tentaram linchar o suspeito, fazendo com que ele se trancasse no escritório de uma madeireira até a chegada da Policia Militar. Antes da chegada da P.M. houve alguns disparos de arma de fogo em direção ao escritório, mas o tiro não acertou ninguém.

O suspeito teve sua prisão preventiva decretada pela juíza de Tapurah e ele foi conduzido até aquela cidade para que sua vida fosse preservada.

As informações que chegou até na redação é que o exame feito nas quatro crianças deu positivo para o abuso sexual, mas não são informações oficiais.

Um fato estranha chamou a atenção, na manhã de ontem, 01, um advogado procurou a NPM de Itanhangá para saber de mais informações sobre o andamento do caso, dizendo ser representante do suspeito.