O prefeito de Itanhangá, Edu Pascoski integrou a comitiva que acompanhou o governador Pedro Taques em uma audiência com o presidente da República, Michel Temer, nesta quarta-feira (23), em Brasília, para discutir a pavimentação da BR-242. Além do prefeito Edu, estiveram dando forças na reivindicação, o prefeito de Sorriso Ari Lafin, o prefeito de Brasnorte Mauro Rui Heisler, o prefeito de Querência do Norte Fernando Gorgen e representantes do Legislativo deputado Federal Nilson Leitão, Valtenir Pereira, Ezequiel Fonseca, Victorio Galli, Deputado Estadual Dilmar Dal’ Bosco e Senador Cidinho.

A BR 242 é considerada um importante caminho de passagem para o escoamento da produção agrícola e conta com mais de 600 km, interligando os municípios de Sorriso, Nova Ubiratã, Ipiranga do Norte, Paranatinga, Itanhangá, Canarana, Gaúcha do Norte, Querência e Brasnorte, sendo que destes, 296 km ainda estão sem asfalto. Além desses munícipios, além desses municípios a pavimentação asfáltica da rodovia deverá beneficiar o escoamento da produção de outros municípios mato-grossenses, além de garantir melhorias em infraestrutura.

Segundo o governador de Mato Grosso, a audiência com Temer foi para solicitar que a autorização do licenciamento ambiental pelo IBAMA seja feita por uma delegação. “Nós viemos a essa reunião com o presidente da República, tratar de assuntos de interesse do Estado, entre eles a BR-242. Nós queremos a autorização do Ibama, para que a licença ambiental seja feita por meio de uma delegação à Sema. Fomos muito bem recebidos pelo presidente e ministros e eu agradeço a bancada federal de Mato Grosso”, disse o governador Pedro Taques.

O líder de governo na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Deputado Dilmar Dal’ Bosco, explicou ainda que Mato Grosso pede muito pouco, tendo em vista o quanto contribui para o país.

“Um Estado que ajuda o PIB brasileiro e pede poucas coisas, como a rodovia BR-242, que é extremamente importante para o desenvolvimento de Mato Grosso. Saímos daqui muito felizes, até porque o presidente compreendeu a importância de a gente interligar o estado e pediu celeridade para que se faça ao menos mais 100 quilômetros até o final de sua gestão”, disse o deputado, pontuando ainda a importância da rodovia para o desenvolvimento de toda aquela região, em cidades como Nova Ubiratã, Querência, Gaúcha do Norte e Sorriso.

Outro pedido feito durante o encontro é o da federalização de um trecho entre Sorriso e Brasnorte. “O governador Pedro Taques também colocou como prioridade a ponte de concreto do Rio Arinos, interligando Itanhangá a Brasnorte”, finalizou Dal’ Bosco.