Foi liberada a versão de demonstração da CNH Eletrônica, documento digital que será implantado oficialmente no Brasil a partir de fevereiro de 2018. Para baixar, basta acessar o site do Serpro.

Com mesmo valor do documento impresso, mas sem substituí-lo totalmente, o aplicativo foi desenvolvido pela empresa de tecnologia da informação do governo federal para o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). O app CNH-e, que ainda não está disponível, armazenará todas as informações da carteira impressa, inclusive foto, além de um QR Code, que garante autenticidade ao documento.

Só será disponibilizado acesso à carteira eletrônica o condutor que tenha uma habilitação impressa com QR Code.

Além da praticidade de uso no dia a dia, o governo promete, para o futuro, a possibilidade de conferir, pelo aplicativo, a pontuação de infrações cometidas, ser avisado quando a CNH estiver perto de vencer e saber sobre campanhas de trânsito.

Caso o motorista perca o smartphone e necessite bloquear o aparelho para impedir o uso de sua conta e acesso ao seu documento, deverá acessar o portal de serviços do Denatran e solicitar o bloqueio.