Um menino de 8 anos morreu depois de ser soterrado por milho em um silo de uma empresa em Tangará da Serra, nesta quarta-feira (26). A criança estava com o pai que descarregava uma carga do grão no local. O menino chegou a ser resgatado e encaminhado para uma unidade hospitalar.

Os trabalhos de resgate duraram cerca de 1 hora. Participaram da ação o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e o Corpo de Bombeiros.

O acidente ocorreu na primeira vez que o pai descarregava no local. Ele e o filho vieram de Rondônia.

Segundo os bombeiros, o menino foi tirado com vida, mas inconsciente. Ele foi levado para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), em Tangará da Serra, com uma parada cardiorrespiratória. A vítima foi entubada, mas faleceu na unidade. A suspeita é que a morte tenha sido causada por asfixia.

Ao deixar o local do acidente, entretanto, a ambulância do Samu apresentou problemas na bateria. A situação foi resolvida depois de uma ‘chupeta’. Durante o problema, os socorristas tentaram reanimar a criança.

O corpo do menino deve ser encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) para exames de necropsia. Um exame deve apontar a causa da morte.