Um crime bárbaro ocorreu no município de Paranaíta por volta das 16h45 dessa segunda feira (24) onde um funcionário da empresa Energisa foi morto a tiros após cumprir uma ordem de religação de energia elétrica em uma residencia localizada num setor de chácaras do município.
De acordo informações, houve o corte de energia do cliente pela manhã onde o mesmo fez o devido pagamento e solicitou a religação através do call center (0800), super exaltado, onde queria que a religação fosse feita com urgência.
Por volta das 16h45 Gilmar Francisco de Oliveira foi efetuar a religação da unidade consumidora, localizada em uma área periférica do município onde o cliente, não identificado, realizou dois disparo de arma de fogo contra o eletricista Gilmar. O mesmo não resistiu aos ferimentos e veio a óbito ainda no local.
A Policia Civil e a Politec estão no local nesse momento.
Gilmar deixa esposa e 1 filho de 6 anos.