O governador Pedro Taques participou hoje de uma reunião com os presidentes de Câmaras Municipais Durante o encontro foram discutidas melhorias das ações em saúde e segurança pública. No total, 13 presidentes de Câmaras participaram do encontro.

Taques declarou aos vereadores que a saúde é a grande prioridade do governo, mas que diante da crise econômica e a queda da receita do Estado e os atrasos nos repasses do setor acabaram por gerar uma dívida de R$ 162 milhões. Desde então, passou a entesourar recursos para repassar à saúde. Entre a última semana de maio, até o momento, já repassou aos municípios e hospitais regionais R$ 120 milhões, restando um débito de pouco mais de R$ 40 milhões.

O governador destacou que houve um aumento significativo de profissionais na Segurança Pública. Informou que nos últimos dois anos foram convocados 28% dos profissionais que atuam na segurança, destacou que o modelo de gestão integrado também beneficiou a área que já demonstra resultados positivos.

Ainda segundo o governador, na Polícia Civil, o problema da falta de delegados será resolvido em breve com a convocação de quem for aprovado no concurso que está em andamentos. Já na Polícia Militar, alguns ajustes devem ser feitos para garantir os atendimentos. A PM-MT está presente nos 141 municípios do Estado, um novo incremento deve ser feito com o concurso que deve chamar mais 1.200 homens e mulheres para atuar como policial militar.

No Corpo de Bombeiros, o governador destacou o chamamento de 450 novos membros. Já o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Alexandre Borges Ferreira, lembrou que mais novos 100 membros devem entrar na corporação e disse que o Corpo de Bombeiros faz um estudo de interiorização que começará a ser executado em breve.

O presidente do Detran, Arnon Osni, pediu aos vereadores que intervenham junto aos municípios para a instalação de agências municipais de trânsito, que sejam integradas ao Sistema Nacional de Trânsito, para facilitar o trabalho, inclusive com a possibilidade de emissão de Carteira Nacional de Habilitação.

Já a Politec, reconheceu que ainda não atende a contento a região Médio-Norte. No entanto, uma nova unidade do órgão será inaugurada em Nova Mutum. Maior, a unidade passará a atender melhor a região nos próximos meses.

O governador Pedro Taques ressaltou que a reunião foi de extrema importância por tratar de temas sensíveis e que são prioridades da gestão. Segundo ele, somente nesta quarta-feira foram recebidos 70 vereadores no Palácio Paiaguás.

Participaram da reunião com o governador representantes de Diamantino, Santa Rita do Trivelato, Nova Mutum, Alto Paraguai, Itanhangá, Santo Afonso, Arenápolis, São José do Rio Claro, Alto Paraguai, Nova Marilândia e Nortelândia.