O gerente de uma transportadora que atua na região norte do Estado de Mato Grosso, esteve na delegacia de polícia em Sinop para registrar um desvio de carga de soja avaliada em quase R$ 50 mil reais. O suspeito de ter praticado o desvio é o encarregado de transportes na filial da empresa localizada em Lucas do Rio Verde.

Segundo o boletim de ocorrência, a carga foi vendida para uma empresa que comercializa cereais e o pagamento teve como favorecido o encarregado. O desvio teria sido realizado em fevereiro deste ano, porém pela grande demanda da empresa, só agora foi descoberto a fraude.

O funcionário nega o desvio, porém, o gerente conseguiu reunir recibos e emails do suspeito. Não foi informado se outras cargas também foram desviadas. O caso passa a ser investigado pela Polícia Civil de Sinop.