A justiça eleitoral está fazendo um alerta para os moradores do município que ainda não procuraram o cartório para a regularização do título e evitar cancelamentos. São 827 pessoas que não votaram nem justificaram ausência nas três últimas eleições.

O cartório aponta que 188 eleitores de Itanhangá e 247 de Tapurah também correm o mesmo risco se não procurarem a unidade. Segundo a justiça eleitoral, o prazo para a regularização é até o dia 2 de maio.

De acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), do ano passado, Lucas do Rio Verde tem 38.384 eleitores. Itanhangá tem um eleitorado de 4.515. Já Tapurah tem 7.744 eleitores.