Prefeitos debatem prioridades de consórcio e pedem apoio de ministério

87

Os prefeitos eleitos de Sinop, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Claudia, Ipiranga do Norte, e atuais gestores de algumas cidades que fazem parte do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Alto do Teles Pires (Cidesa) se reuniram e debateram as ações para fomentar o desenvolvimento da agricultura familiar e a regularização fundiária em 13 cidades das regiões Médio Norte e Nortão, integrantes do consórcio. O secretário nacional de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Neri Geller, também participou  do encontro, além do presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Neurilan Fraga.

Neri Geller recebeu vários pedidos dos novos gestores, como destinação de patrulha mecanizada para ajudar os pequenos produtores no plantio e outras atividades. Geller vai tratar o assunto diretamente com o ministro Blairo Maggi. “Houve também pleitos de desburocratização ( de atividades) como deficiências em pequenos abatedouros e que o Estado pode descentralizar. Entramos com convênios para o governo estadual firmar com os municípios (e resolver essa situação)”, adiantou o secretário, ao Só Notícias.

O secretário do conselho, Reinaldo Loff (Alemão), informou os novos gestores que “um problema muito sério no Estado como um todo que é a regularização fundiária para a agricultura familiar. Estamos engajados na regularização fundiária para dar condições ao pequeno produtor de buscar recursos de financiamento para melhorar a qualidade de vida e renda dele na propriedade”.

A prefeita eleita de Sinop, Rosana Martinelli (PR), apontou que “a agricultura familiar fomenta a economia, que é a principal produção de hortifrutigranjeiros, que abastece a cidade. Buscamos do Estado de São Paulo mais de 70% do que consumimos, precisamos dar condição ao pequeno produtor para que a gente possa produzir na nossa região os alimentos. Além da cidade, temos que comprar para a merenda escolar também e dando condições para o pequeno produtor produzir movimenta nossa economia e também evitamos o êxodo rural”, destacou Rosana, através da assessoria.

O Cidesa é composto por Sinop, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Sorriso, Tapurah, Santa Rita do Trivelato, Santa Carmem, Vera, Feliz Natal, Nova Ubiratã, Ipiranga do Norte, Cláudia e União do Sul.

Os prefeitos também participaram da reunião do Consórcio Intermunicipal de Saúde (Hospital Regional de Sorriso).  O prefeito sorrisense, Ari Lafin, informou, ao Só Notícias, que o futuro presidente será eleito em janeiro. “Vamos fazer um plano de ação e pedir apoio do governo estadual. Queremos unir os 15 prefeitos e buscar soluções conjuntas com o governo. Há os problemas dos repasses atrasados e os gastos estão acima da receita”, adiantou Lafin.

O próximo encontro do consórcio está previsto para janeiro.