avião combustivelPouco mais de 30 passageiros de um voo da Azul, que saía de Sorriso com destino a Cuiabá, foram obrigados a desembarcar da aeronave por falta de combustível na manhã desta quinta-feira (29). A aeronave seguiu para Sinop, na tentativa de abastecer, mas não foi possível aterrissar por condições meteorológicas.

A aeronave que saía de Sorriso, com destino a Cuiabá, deveria ter decolado hoje às 8h. As causas da falta de combustível não foram informadas.

Os passageiros ficaram no saguão do aeroporto Adolino Bedin. Às 9h30min eles entraram na aeronave com destino a Sinop. Porém, o avião retornou para Sorriso por impossibilidade de aterrissar.

Os clientes não seguiram viagem com destino a Cuiabá até às 11h. Eles não souberam se outra aeronave faria o trajeto ou se a viagem estaria definitivamente cancelada.

Ainda de acordo com fontes do Cidade Alerta, a morosidade dos órgãos liberadores de combustível, para que seja autorizado o abastecimento em Sorriso, por meio de licitação ainda não aberta, obriga que a aeronave já chegue à Capital do Agronegócio com combustível suficiente. Caso contrario, o voo é abortado como aconteceu ontem.

Em nota a Azul Linhas Aéreas informou que todo o procedimento foi feito dentro das normas e que preza pela segurança dos clientes:


A Azul Linhas Aéreas Brasileiras informa que, o voo 2899, que partiu de Sorriso para Cuiabá na manhã de hoje, retornou a Sorriso devido às condições meteorológicas registradas no aeroporto de destino. Os Clientes receberam toda assistência necessária, de acordo com a Resolução 141 da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e foram reacomodados via terrestre até Cuiabá. A companhia lamenta o ocorrido e ressalta que medidas como esta são necessárias para conferir a segurança de suas operações.