Justiça realizará leilão de bens apreendidos; objetos vão de motocicletas a apartamentos

20

leilãoO Fórum de Cuiabá realizará no dia 1º de dezembro, o leilão judicial de bens móveis e imóveis resultantes de penhora em execuções e processos criminais. O leilão será no auditório Desembargador José Vidal, das 14h às 19h.

Os bens estarão disponíveis para análise entre os dias 28 e 30 de novembro, das 14h às 17h, no depósito do fórum. Já os bens imóveis poderão ser visitados conforme endereço constante no edital do leilão, publicado no Diário da Justiça Eletrônico (DJE), do dia 23 de novembro, das páginas 05 a 13.

Entre os itens, carros de passeio, caminhonetes, motocicletas, casas e apartamentos em Cuiabá e Várzea Grande, entre outros. Na primeira praça, os objetos e imóveis serão leiloados tendo como lance mínimo o valor da avaliação. Os bens que não forem comercializados serão encaminhados para a segunda praça, que deve ser realizada entre os dias 07 e 09 de dezembro. Os lances mínimos serão de 50% do valor da avaliação, com exceção de veículos alienados, pelos quais serão aceitos lances a partir de 80% do valor avaliado.

Os objetos são provenientes de execuções cíveis e apreensões criminais, produtos de crime e também objetos que foram penhorados para garantir o pagamento de credores.

Segundo a juíza Edleuza Zorgetti, diretora do Fórum da Capital, dos bens oriundos de processos criminais, os valores arrecadados serão encaminhados ao Estado e remetidos para o Fundo Penitenciário; já os valores arrecadados com os bens penhorados em execuções cíveis serão destinados ao credor.

A relação dos bens que serão leiloados está disponível no Diário da Justiça Eletrônico (DJE) que circulou no dia 23 de novembro. O leilão é presencial e não haverá a possibilidade de lances pela internet.

Confira o link com o edital do leilão:

http://sistemadje.tjmt.jus.br/publicacoes/9903-2016%20C2%20Comarcas%20-%20Entr%C3%A2ncia%20Especial.pdf