Professores e alunos fecham BR-364 contra obra inacabada em escola

51

br 364 paralizadaProfessores e estudantes da Escola Estadual de Santa Elvira, localizada no distrito de mesmo nome, no município de Juscimeira, a 164 km de Cuiabá, realizaram um protesto na BR-364, na manhã desta quinta-feira (10), para cobrar o fim de uma obra de reforma e ampliação da instituição, que se encontra parada há oito meses. A rodovia ficou fechada por cerca de uma hora.

A obra, orçada em R$ 1,9 milhão, foi iniciada em fevereiro de 2014 e deveria ter sido concluída em fevereiro de 2015. A escola, que é única na região, hoje oferece riscos aos alunos devido ao obra inacabada. Segundo a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), a empresa responsável pelas obras já foi notificada e deve retomar os trabalhos nos próximos dias.

A escola de Santa Elvira tem 42 anos e a última reforma foi há 15 anos. Na unidade, estudam 352 alunos que estão matriculados nos ensinos fundamental e médio. Devido a obra inacabada, há pontos de criadouros do mosquito Aedes aegypti, como poças de água na quadra de esportes vazia e até mesmo um vaso sanitário que foi deixado no local onde seria o pátio de recreação

De acordo com os profissionais da escola, a parte da obra que já foi finalizada apresenta problemas e, quando chove, é comum ver as salas de aula se encherem de água. Enquanto o problema não é solucionado, os alunos estão tendo aulas em cinco salas anexas à igreja da cidade. Para a diretora da escola, Elivan Oliveira Gomes, o abandono da obra é um “descaso” com a comunidade.

“O tempo todo a empreiteira dizendo que não tem recebido da Seduc e que, por isso, não vieram terminar a obra. É um verdadeiro descaso com a comunidade de Santa Elvira, porque estamos o ano todo correndo atrás e dizem que vão resolver e, infelizmente, temos percebido que eles apenas nos enrolaram”.