Policial Civi de Tapurah entra para índice dos doze eleitos a cargos de vereador em 2016

352

urnasA Polícia Judiciária Civil teve doze policiais civis eleitos nas eleições municipais de  2016. Oito investigadores, três escrivães e um delegado de polícia assumirão cadeiras no Poder Legislativo de onze municípios de Mato Grosso, a partir de 1º de janeiro de 2017.

O delegado geral da Polícia Civil, Rogério Atílio Modelli, parabenizou os representantes da instituição, que estarão atuando nas Câmaras Municipais em prol da população. “Esses novos parlamentares policiais, em razão da sua experiência, poderão fortalecer a segurança das cidades com projetos sociais de inclusão e prevenção, que beneficiem os moradores, além de votar leis municipais”, disse.

O delegado Marcos Aurélio Veloso e Silva foi eleito pelo Partido Verde, com 2.746 votos, para Câmara Municipal de Cuiabá.

“Segurança Pública é o primeiro eixo do meu programa de governo. Temos projetos voltados à elaboração do Plano Municipal de Segurança e Defesa Social; Implantação do Observatório de Segurança e Defesa Social; e realização anual da pesquisa de vitimização na capital”, destacou.

O escrivão Jânio Calistro foi para segundo mandato na Câmara Municipal de Várzea Grande. Ele foi o mais votado, com 3.658 votos. Também escrivães de polícia, Clodoaldo Miranda da Cruz, assume cargo em Vila Bela da Santíssima Trindade, e Wagner Tavares da Cunha, em Campo Novo dos Parecis.

Há 20 anos morando em Campo Novo dos Parecis, o escrivão e agora vereador, Wagner Tavares, disse que vai voltar seus projetos para a segurança do município. “Pensei em me eleger para  trabalhar um pouco mais pelo município. Nossa região precisa melhorar a estrutura de segurança”, disse.

Os investigadores de polícia eleitos são: João Madureira, reeleito vereador da Câmara Municipal de Várzea Grande; Messias Pereira Pontes, investigador aposentado eleito no município de Alto da Boa Vista; Cleomar Eterno de Campos, eleito em Tapurah; Carlos Eduardo de Oliveira, eleito em Terra Nova do Norte; Elias Bueno de Souza, reeleito em Nova Xavantina; Maria Celene Alves da Silva, eleita em Rio Branco; Rosinei Neves da Silva, eleito em Cáceres; Anderson Rodrigues da Costa, eleito em Araguaiana.

“Despertou em mim a vontade de trabalhar por Cáceres de forma diferente. Tenho consciência das dificuldades que a cidade enfrenta e quero ajudar a melhorar a qualidade de vida das pessoas que vivem aqui”, disse o novo vereador de Cáceres, investigador, Rosinei Neves da Silva, eleito com 610 votos pelo PV.

O investigador, Rafael Pinheiro de Farias, ficou como suplente em Barra do Garças.