Presos fazem rebeliao, danificam parte da cadeia em Nova Mutum e ao menos dois fugiram

230

Ocorreu, há pouco, uma rebelião na cadeia pública de Nova Mutum. O diretor da unidade prisional, Antônio de Lima, divulgou um comunicado, apontando que os detentos fizeram dois agentes penitenciários de reféns. Três presos conseguiram escapar, porém, uma operação envolvendo agentes do sistema prisional, mais as polícias Civil e Militar, conseguiu frustrar a fuga dos demais. “O serviço de contenção evitou a fuga de 100 presos”, afirmou.

Segundo Antônio, os detentos quebraram várias paredes e destruíram a parte interna da unidade. No entanto, a situação foi controlada e os agentes penitenciários foram caminhados para uma unidade hospitalar. “Eles (os servidores feitos reféns) foram atendidos e estão bem. Agora, é ‘correr atrás do prejuízo’. Logo divulgaremos imagens (dos fugitivos)”.

Alguns tiros de advertência foram disparados como forma de controlar os ânimos dos presos. Diversos policiais estão, neste momento, no interior da unidade. Uma equipe do Corpo de Bombeiros também está no local. Não se sabe se alguma pessoa ficou ferida durante a rebelião.

No total, 154 homens estão detidos na cadeia de Nova Mutum.

Em instantes, mais detalhes.