Armamento força polícia detentos mutum (1)A Polícia Militar acaba de confirmar que os quatro fugitivos abandonaram o Fiat Siena, nas proximidades do município de Itanhangá (cerca de 210 km Nova Mutum). Eles deixaram no carro algumas pistolas que estavam na cadeia e foram levadas, ontem à noite, pelos fugitivos. Policiais estão buscando pistas para identificar se eles entraram na mata ou se continuaram fugindo em outro carro. O veículo roubado após a rebelião seria de um agente prisional. O tenente Izanilton Gomes, da Polícia Militar, informou, que os detentos conseguiram furtar 6 pistolas e uma sub metrahadora, com cerca de 40 munições.

Os foragidos são Willian Santos Almeida (acusado de roubo), Ronaldo dos Santos (estava preso por homicídio), Bruno Nunes dos Santos (preso por roubo) e Luan Felipe de Oliveira França escaparam. Os detentos fizeram dois agentes penitenciários de reféns. Quatro presos conseguiram escapar, porém, a operação envolvendo agentes do sistema prisional, mais as polícias Civil e Militar, conseguiu frustrar a fuga dos demais – cerca de 100 presos.

O diretor da cadeia, Antonio de Lima, informou que os presos quebraram várias paredes e destruíram a parte interna da unidade. No entanto, a situação foi controlada e os agentes penitenciários foram encaminhados para uma unidade hospitalar. “Eles (os servidores feitos reféns) foram atendidos e estão bem”.  Alguns tiros de advertência foram disparados como forma de controlar os presos rebelados.

A população regional deve ficar atentos a qualquer atitude suspeita.

Mais informações a qualquer momento.