Em Mato Grosso, número de CNHs suspensas por infrações quase triplica em 2016

No 1º semestre deste ano, 453 carteiras de habilitação foram suspensas.Suspensões ocorrem por excesso de pontos ou infrações muito graves.

73

cnhO número de motoristas que perderam a carteira de habilitação quase triplicou no primeiro semestre de 2016 em relação ao mesmo período de 2015, em Mato Grosso, segundo o Departamento Estadual de Trânsito (Detran). De janeiro a julho, 453 motoristas infratores tiveram as carteiras suspensas e, no mesmo período do ano passado, foram 152.

De acordo com o Detran, o órgão tem 2.823 processos de suspensão o direito de dirigir dos motoristas infratores. Esses motoristas acumulam mais de 20 pontos na carteira num período de 12 meses.

Quem é pego dirigindo alcoolizado ou ultrapassa em mais de 50% o limite de velocidade permitido também responde a processo direto e tem a carteira suspensa.

A suspensão da CNH passa a valer quando a documentação é entregue ao Detran. Se no período de suspensão, o motorista for flagrado dirigindo ou se o carro dele for multado, a carteira é cassada.

Segundo o diretor de Habilitação do Detran-MT, Fernando Lopes, para ter a carteira de volta, o motorista precisa realizar uma reciclagem, que consiste em 30 horas de aula teórica em uma autoescola.