imgresO prefeito de União do Sul (179 quilômetros de Sinop), Ildo Ribeiro de Medeiros, declarou situação de emergência após queda na arrecadação ocasionada pela estiagem, que afetou a produção agrícola, principal base da economia do município. No decreto publicado no Diário Oficial do Estado, o gestor aponta que o cenário atual acarretará consequências sérias para a situação econômica e social da população.

Conforme as estimativas apresentadas pelo prefeito, cerca de 30% da colheita de soja da última safra sofreu interferência falta de chuvas precoce. A situação, segundo ele, é responsável por desencadear, até o momento, redução de 80% da produtividade da colheita do milho, em relação à média dos últimos anos. Ildo citou, inclusive, “perdas totais” em diversas lavouras.

O decreto tem validade de 90 dias, podendo ser prorrogado por igual período. O documento garante a mobilização do Sistema Estadual de Defesa Civil, para desencadear o Plano Emergencial de Resposta aos Desastres.

Neste ano, ao menos 20 municípios mato-grossenses tiveram situação de emergência decretada. Equipes da Secretaria de Cidades (Secid) e Defesa Civil promoveram visitas em diversas regiões do Estado devido a situações críticas provocadas por chuvas intensas, erosão, tempestades e estiagem. Entre os municípios do Nortão afetados estão Sorriso e Ipiranga do Norte.