Além dos resultados gerados para os associados, cooperativa destina recursos para projetos sociais de entidades.

Os bons resultados alcançados pela Sicredi Ouro Verde MT em 2015 geraram sobras para os cerca de 60 mil associados da cooperativa. Administrando R$1,8 bilhão de ativos, a cooperativa de crédito, que está entre as cinco maiores do país, acumulou R$59,31 milhões em sobras no último exercício.

Após as destinações estatutárias, R$20,4 milhões foram para rateio. De acordo com definição dos associados nas 25 assembleias de núcleo realizadas nos municípios da área de atuação da cooperativa, e validada pelos delegados em assembleia geral, um terço das sobras têm como destino a cota capital dos associados, uma segunda parte é depositada diretamente na conta corrente e uma terceira parte vai reforçar o Fundo de Reserva, com o objetivo de garantir a solidez da cooperativa. A distribuição das sobras entre os associados é feita de acordo com o que cada um movimenta com a cooperativa, e os valores foram depositados esta semana.

Esta agregação de renda é um dos diferenciais das cooperativas de crédito, já que os resultados retornam para os associados ao final do exercício. A Sicredi Ouro Verde MT estima que, somando as sobras distribuídas e as taxas e outras cobranças que os associados deixaram de pagar por optarem pela cooperativa de crédito em vez de outra instituição financeira, mais de R$100 milhões ficaram investidos na comunidade.

Além de deliberar sobre as distribuição das sobras do exercício, durante as assembleias os associados reforçaram a importância do apoio da cooperativa aos projetos sociais. Destinando R$300 mil para o Fundo de Assistência Social, a Sicredi Ouro Verde pretende beneficiar entidades que prestam serviços de cunho social nos municípios da área de atuação da cooperativa. “Nós precisamos olhar para o desenvolvimento, não somente dos associados, mas também da comunidade. Enquanto cooperativa, somos a instituição financeira da comunidade, e estamos preocupados com o desenvolvimento da comunidade como um todo”, destaca o presidente da Sicredi Ouro Verde, Eledir Pedro Techio. As entidades interessadas em inscrever projetos podem procurar as unidades de atendimento de seu município.

Fonte: Assessoria de Impressa do Sicredi