Professora aposentada, mãe de Taques liga para cobrar o RGA

154

taquesEnquanto conversava com 16 dos 24 deputados estaduais, no Palácio Paiaguás, na terça (24), o governador Taques recebeu um telefonema da mãe dele, Dona Eda, que é professora aposentada do Estado. Dona Eda cobrou do governador uma posição sobre o RGA, de 11,28% que deveria ser pago no salário de maio. Taques já havia dito que, pagar em maio, atrasaria os salários de junho.

Taques contou à Dona Eda que está fazendo esforço para equilibrar as contas e disse que deve dar o rejuste pedido, mas fará proposta na próxima semana aos servidores. A tendência é que o RGA seja parcelado em duas vezes. Os deputados, na reunião, disseram: “siga conselho de mãe!”.

Dona Eda talvez seja, para os servidores, o “santo de casa que faz milagres”.