DNIT propõe parar obras na BR-163 e mais 2 rodovias em Mato Grosso por falta de dinheiro

94

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) aprovou, por unanimidade, a proposta de paralisação total ou parcial de 61 contratos de construção em 31 rodovias pelo país, pela falta de recursos. A ata publicada ainda precisa passar por análise do governo para entrar em vigor, mas lista  a construção dos trechos rodoviários envolvendo os entroncamentos da BR-242 em Mato Grosso, com a BR-163 em Sorriso e também a BR-158 em Ribeirão Cascalheira, além de obras na BR-080, em Uruaçu (GO), na divisa com território mato-grossense.

Em nota, o DNIT informou que a sugestão para os contratos  vigentes leva em consideração a situação econômica do país. “Trata-se de um plano, inserido em um contexto amplamente conhecido de redução da disponibilidade de recursos orçamentários, que ainda passaria necessariamente pela avaliação dos órgãos superiores de decisão, tais como Ministério dos Transportes, Ministério do Planejamento e Casa Civil.”

Na BR-242, em 2010, o governo inaugurou 48 quilômetros entre o entroncamento da BR-158 e o entroncamento da BR-163. As obras foram executadas por meio de convênio entre os governos Federal e Estadual. Foram aplicados mais de R$ 35 milhões no trecho. Foram dadas ordem para mais outros quatro lotes, totalizando 154 quilômetros serão pavimentados com investimentos de R$ 150 milhões. Mas obras ainda seguem lentas.

As rodovias são um ponto de convergência de várias rotas e a pavimentação esperada aumenta competitividade dos preços de produtos como soja, milho e algodão, melhorando a logística e infraestrutura para o escoamento.

Fonte: Só Notícias/Agronotícias/Weverton Correa