assalto armaA assessoria de imprensa da Polícia Civil informou que o delegado aposentado João Merino, 59 anos, faleceu em sua residência, localizada no bairro Jardim América, na capital. Ele apresentava uma perfuração proveniente de tiro na altura do peito. A arma dele, que é registrada, estava ao lado do corpo.

A principal hipótese, segundo informações da assessoria, é de suicídio. A família informou aos policiais, que foram até o local, que o delegado aposentado sofria de depressão. Na residência também estavam a esposa do delegado e uma empregada.

A delegada titular da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), Anaíde Barros, esteve no local para liberação do corpo, juntamente com a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), que deve confirmar a causa morte após realização da necropsia do corpo e perícia de local.

O delegado trabalhou em unidades do interior como Barra do Garças,  Diamantino, Tangará da Serra, nas antigas Delegacia do CPA e Delegacia de Delitos de Trânsito. Ele se aposentou no dia 1º de fevereiro de 2005.

Fonte: Só Notícias.