TRE cancela 6 mil títulos em Nova Mutum e nega ampliar prazo de revisão biométrica

28

Biometria eleitoralO Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso homologou, hoje, revisão biométrica em Nova Mutum e cancelou 6,2 mil títulos eleitorais, o correspondente a 29% dos 18,3 mil eleitores que participaram da revisão. Antes do cadastro biométrico, o município possuía 24,6 mil. O processo começou em dezembro do ano passado e foi finalizado em março deste ano.

O Ministério Público Eleitoral pugnou pela homologação do procedimento de revisão do eleitorado, mas entendendo necessário que se aguardasse o fechamento do cadastro nacional, a ocorrer dia 4 de maio, para que apenas posteriormente fossem cancelados os títulos dos eleitores que não compareceram. Pedido que foi negado.

A equipe técnica do TRE declarou inviável a medida, visto que o provimento prevê o dia 11 de abril como prazo final para a prolação da sentença nos processos de revisão do eleitorado, tendo os TREs a data limite de 27 de abril para homologação dos procedimentos de revisão do eleitorado, não sendo possível dissociar a homologação da sentença, do lançamento do ASE específico para os eleitores em questão.

Conforme Só Notícias já informou, pessoas estão em situação irregular com a Justiça Eleitoral até o dia 4 de maio para ir até o Prédio da Ação Social, apresentar toda a documentação necessária, e reverter este cancelamento.

Fonte: Só Notícias