pagamento de civilDurante audiência realizada no Palácio Paiaguás, na tarde de quinta-feira (14), o governador do Estado, Pedro Taques (PSDB), garantiu para esse mês o pagamento da reestruturação salarial da Polícia Civil, com o valor retroativo ao mês de fevereiro.

O acordo foi firmado durante reunião com o deputado Wancley Carvalho (PV), presidentes dos sindicatos dos escrivães (Sindepojuc), Davi Nogueira e dos investigadores (Siagespoc), Cledison Gonçalves.

“Estou muito feliz com o posicionamento positivo e firme do governador. Ele tem investido na segurança pública, e claro, sabemos que temos muito ainda para conquistar”, destacou o deputado que também é investigador de polícia.

O reajuste de 10% para a categoria estava previsto na Lei 565/2015 e deveria ter sido concedido em fevereiro deste ano. Ainda durante a reunião, o governador ressaltou a importância do intermediação do deputado Wancley e garantiu a categoria que o pagamento firmado ainda no governo passado, será efetuado na folha de pagamento do mês de abril.

“O Wancley é o interlocutor da Polícia Civil junto ao governo do Estado. O pagamento, mesmo em tempos de crise, será efetuado ainda neste mês”, destacou o governador durante a reunião.

Nessa sexta-feira (15), a categoria vai se reunir em uma assembleia, marcada para as 15h, onde a classe vai ouvir de seus representantes os detalhes do que ficou definido em reunião realizada o comandante do Palácio Paiaguás.

 

Fonte: Assessoria do Estado de Mato Grosso