MEC lança plataforma gratuita de preparação para o Enem

360

hora do enemO Ministério da Educação (MEC) lançou na última semana, em parceria com o Sesi, um programa de preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio denominado “Hora do Enem”. O projeto é composto pela plataforma de estudos Geekie Games, simulados online, um programa televisivo com entrevistas, questões resolvidas e informações sobre o exame e um canal de vídeos online apelidado de Mecflix.

Alunos do terceiro ano do ensino médio da rede pública poderão acessar gratuitamente todos os recursos. Já os estudantes de escolas particulares e de outros anos terão acesso gratuito à parte deles. O conteúdo está disponível no site horadoenem.mec.gov.br, acessível a qualquer hora do dia, com smartphone, tablet ou computador.

Desenvolvida pela empresa Geekie, a plataforma cria um plano de estudos personalizado para o aluno com base no curso em que ele quer passar, na quantidade de horas que tem para estudar diariamente e em seus pontos fortes e fracos. Quanto mais ele usa os recursos da plataforma – que dispõe de 600 aulas com vídeos, exercícios e resumos, além de simulados, o aluno recebe recomendações para que consiga aprender todo o conteúdo necessário até o dia do Enem.

A programação televisiva inclui 300 vídeos de resoluções de exercícios. A exibição será diária, às 18h, com reprise no dia seguinte, às 7h e às 13h, além dos fins de semana. A transmissão contará com a parceria de mais de 40 canais em todo o Brasil, entre tevês universitárias, comunitárias, legislativas e canais estaduais.

Simulados

As provas dos simulados contam com itens no formato Enem e geram uma nota TRI muito próxima da nota real que o aluno tiraria caso realizasse o exame oficial na mesma data (embora seja importante frisar que a nota do simulado não vale para o Enem). Ao final de cada simulado, o aluno tem acesso a um relatório que traz a comparação de sua nota com a exigida em seu curso e faculdade escolhidos, bem como com a nota média do Brasil.

A primeira prova on-line será aplicada no último sábado deste mês (dia 30) e terá 80 itens, com a mesma metodologia de elaboração de questões do Enem. O simulado estará aberto durante quatro horas ininterruptas para o candidato, que pode realizá-lo entre a zero hora e as 20h do dia 30.

Sem acesso à internet

Estudantes inscritos no programa Hora do Enem que não dispõem de acesso à internet, devem pedir vagas para realizar o simulado em universidades e institutos federais de educação, ciência e tecnologia. O prazo termina no próximo dia 15. Há 120 mil vagas disponíveis, em instituições de todo o país.

Esse pedido é exclusivo para os 2,2 milhões de alunos concluintes do ensino médio e devem ser feitos na própria plataforma do programa, com o número de CPF do participante. Quem optar por fazer a prova em uma das instituições ofertantes de acesso à internet deve estar atento ao horário. O treino nesses locais será realizado das 8h às 12h (horário de Brasília).

Mato Grosso

De acordo com o secretário adjunto de Política Educacional, Gilberto Fraga de Melo, no ano passado a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) disponibilizou a plataforma Geekie Games para cerca de 25 mil alunos da rede estadual de ensino. Os estudantes tiveram à disposição um plano personalizado de estudos para o Enem.

“A iniciativa fez parte da força-tarefa criada pela Secretaria com vistas à melhoria do desempenho dos nossos estudantes no Exame, o que significa também o avanço da proficiência, ou seja, a síntese numérica de seu nível de domínio em uma competência”, esclarece, destacando que a intenção também foi elevar a participação dos alunos da rede estadual no Enem.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Estado de Mato Grosso