smartphone igrejaEm uma resposta imediata ao crime, a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos da Polícia Judiciária Civil (Derf) prendeu em flagrante na noite de quinta-feira (21.04), Max Vitor Magalhães da Costa Pinheiro, autor do furto mediante arrombamento, na loja da empresa de telefônica TIM, da Avenida Isaac Póvoas, na região central de Cuiabá.

Aproximadamente R$ 130 mil em aparelhos celulares, que estavam escondidos no forro do teto de uma igreja, na Avenida Barão de Melgaço, foram recuperados na ação, inserida na operação da Secretaria de Segurança Pública, Carga Máxima, deflagrada para intensificar o combate à criminalidade.

Para praticar o furto, o suspeito arrombou o teto para invadir o estabelecimento. A loja possui sistema de segurança com monitoramento real e assim que foi detectada a ação do suspeito, a equipe da Derf foi acionada pelo gerente da empresa.

Imediatamente, a equipe de investigadores deu início às diligências conseguindo localizar o suspeito escondido na igreja Mundial do Poder de Deus, na Rua Barão de Melgaço, próximo ao local do furto. Quarenta e seis aparelhos celulares novos, avaliados entre R$ 3 a 6 mil, foram encontrados em dois sacos plásticos escondidos no forro da igreja.

Segundo a Polícia há elementos probatórios que apontam que o suspeito como autor do furto ocorrido dias atrás, de mais de R$ 300 mil em aparelhos celulares, na mesma loja e com o mesmo modo de execução. As diligências continuam em andamento em buscas de um segundo envolvido no crime.

A resposta imediata e a efetividade na ação da Derf marcaram o aniversário de 174 anos da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, comemorado no dia 21 de abril.

Fonte: Mutum Notícias