MST invademOs prédios da Secretaria de Estado de Educação e Cultura (Seduc) e do Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat) foram invadidos na manhã desta quinta-feira (28) por integrantes do Movimento Sem Terra (MST). Vidros foram quebrados e alguns servidores agredidos.

Uma equipe da Polícia Militar (PM) foi acionada por funcionários dos órgãos e estiveram no local negociando com os invasores. Eles aceitaram se acalmar, mas se recusaram esvaziar os prédios. Os protestantes permanecem na sala de recepção.

No Intermat os protestantes não agrediram os servidores, mas o clima não é muito calmo. Os militares procuram negociar e os motivarem a desistir do manifesto. O MST tem provocado protestos durante toda essa semana na capital mato-grossense.

Conforme os noticiários, na segunda-feira passada cerca de 100 integrantes do movimento se reuniram em caminhada pela rodovia federal BR-364 até a avenida Fernando Correa da Costa. Na terça-feira houve nova caminhada, desta vez até a sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

O interesse dos manifestantes é apoiar a permanência de Dilma Rousseff na presidência.

 

Fonte: Nortão Notícias