Fiscais flagram 29 balsas irregulares em garimpo ilegal de Mato Grosso

206
Fiscais flagram 29 balsas irregulares em garimpo ilegal de Mato Grosso (Foto: Fiscalização/Sema-MT)
Fiscais flagram 29 balsas irregulares em garimpo ilegal de Mato Grosso (Foto: Fiscalização/Sema-MT)

Uma operação no Rio Peixoto, entre os municípios de Peixoto de Azevedo e Novo Mundo, a 692 km e 791 km de Cuiabá, flagrou 29 balsas que exerciam atividades em um garimpo ilegal da região. De acordo com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), os motores das 29 balsas foram apreendidos. A operação ocorreu na última sexta-feira (15) e foi divulgada nesta terça-feira (19).

Segundo a secretaria, das 29 balsas embargadas, 16 não possuíam Licença de Operação (LO) para realizar garimpagem. Outras cinco funcionavam sem nenhum processo de licenciamento iniciado na Sema e as outras oito eram do tipo ‘chupão’, espécie de balsa que fica dentro do rio, mas trabalha com incidência em barranco provocando amplo impacto ambiental que pode causar alteração do percurso dos rios, aterramento e contaminação do solo e da água.

Balsas atuavam no Rio Peixoto, entre Peixoto de Azevedo e Novo Mundo (Foto: Fiscalização/Sema-MT)
Balsas atuavam no Rio Peixoto, entre Peixoto de Azevedo e Novo Mundo (Foto: Fiscalização/Sema-MT)

Ninguém foi preso durante a operação, entretanto, todos os proprietários das balsas foram notificados a paralisar imediatamente as atividades até que se regularizem junto ao órgão ambiental. O valor da multa aplicada aos donos das balsas pode variar entre R$ 500 a R$ 10 milhões.

Os fiscais fizeram a operação depois de receberem diversas queixas sobre atividades de garimpo ilegal ao longo do Rio Peixoto.

Fonte: G1 MT