imgresA Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo registrou, neste ano, 70 mortes relacionadas ao vírus H1N1. De acordo com balanço divulgado pelo órgão, foram registrados 534 casos até o dia 5 de abril.

Ainda de acordo com a Secretaria, no total, foram notificados 667 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) no estado, com 75 mortes. Em 2015, foram 342 casos de SRAG em São Paulo.

A capital paulista já registrou 17 mortes por gripe A (vírus H1N1) em 2016 e pelo menos 201 pessoas infectadas. Os dados mostram o avanço da doença neste ano, já que nos primeiros três meses de 2015, a cidade teve apenas um caso da doença e nenhuma morte registrada. Os números foram divulgados na sexta-feira (8) pela Prefeitura de São Paulo.

Vacinação
Neste ano, a vacinação foi antecipada em municípios da Região Metropolitana. Profissionais de saúde de serviços públicos e privados estão sendo imunizados desde o dia 4 de abril.

A partir do dia 11, segunda-feira, serão imunizados demais grupos prioritários: crianças maiores de seis meses e menores de cinco anos, gestantes e idosos.  A partir do dia 18, a imunização atenderá os grupos com comorbidades, como portadores de doenças crônicas e em tratamento com imunossupressores, mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias, e a população indígena.

 Nas outras regiões, a campanha terá inicio no dia 30 de abril, conforme calendário definido peloMinistério da Saúde.

Fonte: G1.