3 Festa do Leitão no Rolete 3
Imagens: Roberto Paulo Banowski

Acontece no próximo domingo, 1º de maio, em Tapurah, a 3ª Festa do Leitão no Rolete. Um dos principais eventos da cidade, também já é considerada a maior festa gastronômica do Estado e está inserida no Calendário Oficial de Eventos de Mato Grosso, além de ser o segundo maior evento de carne suína no Brasil.

Em 2014, quando foi realizada pela primeira vez, bateu o recorde brasileiro do maior número de leitões assados no mesmo espaço. Naquele ano, foram 150 unidades, totalizando, aproximadamente, quatro toneladas brutas servidas em um único dia.

Já em 2015, estes números subiram. Foram assados 173 suínos, o que correspondeu a cerca de cinco mil quilos de carne para 7.500 pessoas que estiveram presentes no CTG Carreteando Saudades, local onde o evento é realizado.

Neste ano, os trabalhos começaram há mais de três meses para que tudo estivesse impecável para mais um dia de muita festa, música e dança. Sem esquecer da importância cultural, econômica e principalmente social, já que toda renda arrecada na festa é revertida para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Tapurah.

As últimas unidades de leitões e convites individuais estão disponíveis para venda nos seguintes telefones: (66) 3547-2130 / 9642-2272 / 9971-9330.


Dia do Trabalhador e Dia Estadual do Suinocultor

Imagens: Roberto Paulo Banowski

A Festa do Leitão no Rolete é um dia com muitos motivos para comemorar. Dia 1º de Maio, além de ser o Dia do Trabalhador no ca-lendário nacional, também é o Dia Estadual do Suinocultor. A Lei 17.146, de 18 de dezembro de 2015, sancionada pelo governador Pedro Taques, é outra iniciativa do deputado Zeca Viana com o objetivo de incentivar a produção de carne suína dentro do Estado.

Para o diretor executivo da Associação dos Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat), Custódio Rodrigues, o projeto de lei representa um marco. “Agora os suinocultores têm um dia para chamar de seu. É uma conquista para a categoria e um incentivo para a suinocultura, que tem um grande potencial no estado”, disse.

Capital da suinocultura

O setor da suinocultura no Brasil passa por um dos melhores momentos registrados nos últimos anos. Isso se torna ainda mais claro a partir de indicadores econômicos e sociais como participações de mercado, exportações, geração de empregos diretos e indiretos. A criação de suínos ganha destaque como uma atividade de importância no cenário econômico e social.

Tapurah, que já era conhecida por ser referência na produção de suínos no Centro Oeste, está prestes a dar mais um passo positivo no setor. O município poderá confirmar o título de capital da suinocultura em Mato Grosso através de um projeto de lei, apresentado no dia 2 de março, pelo deputado Zeca Viana (PDT), na Assembleia Legisla-tiva de Mato Grosso (ALMT). Em 2013, já havia recebido um certificado da Associação dos Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat), como maior rebanho suinícola do Estado.

3 Festa do Leitão no Rolete
Imagens: Roberto Paulo Banowski

A ideia é, segundo o deputado, fomentar ainda mais a produção suína no Estado. “Sabemos que o consumo de carne suína é cada vez maior em Mato Grosso e segundo pesquisas realizadas pelo planejamento municipal de Tapurah, o município foi considerado a ‘Capital do Centro Oeste da Suinocultura’ por produzir 48.455 toneladas de carne suína ao ano, além, de destinar 52,44% da produção de milho local a alimentação dos suínos”, ressaltou Viana na justificativa do projeto de lei para o município, que atualmente já produz mais de 59 mil toneladas ao ano.

A ideia do projeto é alcançar os produtores e o Estado como um todo e fazer com que outros municípios tenham Tapurah como referência para a produção de carne suína fomentando cada vez mais o poderio econômico de Mato Grosso.

No mesmo dia, Viana definiu os membros da composição da Frente Parlamentar de Suinocultura na ALMT. A Frente foi criada com o propósito de apoiar, incentivar e desenvolver as atividades e pesquisas relativas à produção de suínos no Estado de Mato Grosso. 

Para o presidente da Acrismat, Raulino Teixeira, o apoio da Assembleia é importante e dará suporte aos suinocultores para que eles possam continuar somando no desenvolvimento do Estado.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Tapurah