Barranco retorna ao incraSer filiado hoje ao PT, partido dos trabalhadores, pode ser um desafio em Mato Grosso. Viúva da Ditadura e reduto do tucanato, na região médio norte principalmente, devido a grande influência dos palanques nas redações jornalísticas. Vestir vermelho é quase um ato de coragem, porque esse simples fato é capaz de arrancar ataques ferozes de seus opositores como as invasões de terras, como exemplo, por parte de grandes fazendeiros e empresários que invadiram terras da União na Gleba Nhandu, Novo Mundo-MT.

Valdir Barranco sofreu muito quando esteve a frente do Incra, talvez porque os projetos desenvolvidos por sua equipe afrontavam interesses de poderosos. Ele deixou a superintendência no Estado para ser candidato a deputado estadual, somou mais de 20 mil votos, mas a justiça os congelou. Esta semana, depois de pedidos do Partido dos Trabalhadores e partidos aliados e de movimentos sociais, ele volta ao comando do órgão no estado, e quando muitos já pensavam em ataca-lo, afirmando que a posse era um ato político, os servidores deram a resposta em seu lugar.

Faixas foram anexadas próximo ao Incra, por servidores, saudando o retorno de Valdir Barranco a superintendência. Existe resposta melhor que esta? Segundo fonte, ele será empossado nesta segunda-feira em Brasília (DF) e começará a trabalhar em Cuiabá na próxima semana. Lembrando que sua posse já foi publicada no Diário Oficial.

Fonte: Nortão Notícias