Tecnologia será utilizada para melhorar Segurança Pública

29

 

visita_policia seplanUtilizar a tecnologia a serviço da Segurança Pública. É o que o Governo de Mato Grosso pretende fazer para promover melhorias na área e garantir um aumento da qualidade de vida da população. Nesta quarta-feira (17.02), o secretário de Estado de Planejamento, Marco Marrafon, e o assessor especial da Seplan, Said Ahmad Karfan Neto, visitaram o Centro de Comando e Controle da Polícia de Nova Iorque e conheceram as tecnologias que fazem do local um dos mais avançados do mundo.
O Centro de Comando e Controle opera de maneira descentralizada e conta com um forte esquema de vigilância, capaz de detectar a presença de armas, barulhos estranhos e irradiação, permitindo a adoção imediata de medidas preventivas ou de repressão. Já os policiais ficam conectados permanentemente com o Centro de Controle e suas viaturas por meio de aplicativos disponibilizados em celulares e tablets.
De acordo com Marco Marrafon, durante o processo de desenvolvimento do projeto Governo Digital será avaliada a possibilidade de adotar algumas das iniciativas observadas.
“É impressionante a sofisticação tecnológica empregada a serviço da segurança. Vamos levar essas ideias a Mato Grosso e, em conjunto com o secretário de Segurança Pública, Fabio Galindo, e com o governador Pedro Taques, discutir o que será possível colocar em prática. Uma coisa é certa: o Governo do Estado envidará todos os esforços para promover o maior nível possível de integração de dados e fazer com que o estado seja mais seguro”, afirmou.
Além de Mato Grosso, também estiveram presentes representantes de Minas Gerais e dos países Canadá, Bélgica, Trinidad e Tobago, França e Inglaterra.
Na segunda (15.02) e terça-feira (16.02), Marco Marrafon e Said Ahmad participaram de evento no Centro de Tecnologia da Microsoft (Microsoft Technology Center) com o objetivo de buscar soluções e produtos para aumentar a eficiência, garantir o atendimento ao cidadão e modernizar as estruturas dos governos com qualidade e baixo custo.
Fonte: Assessoria/Seplan-MT