Lançada programação oficial do Show Safra BR 163

381

Evento será realizado de 29 de março a 1º de abril, no Centro de Pesquisas da Fundação Rio Verde.

show-safra-2016“Temos que evoluir como está evoluindo Mato grosso, como está evoluindo a agricultura, e nossa feira tem que crescer, se modernizar e se atualizar. Nós temos sempre que pensar em fazer maior, mais bonito e com qualidade”. Com esta mensagem de otimismo, o presidente do Conselho Curador da Fundação Rio Verde, Joci Piccini, lançou oficialmente na quinta-feira passada, a edição 2016 do Show Safra BR 163.

De acordo com Piccini, o momento de crise pelo qual passa o país deve ser também o momento de repensar algumas práticas, fazer ajustes e olhar para a frente. “Vejo que a feira vem num momento muito importante, de desafio para o produtor e para a Fundação Rio Verde, porque nós precisamos olhar para a feira como um símbolo de que a vida continua, que precisamos olhar para frente, que este é um momento de dificuldades que vai passar, assim como já passamos por outras crises”.

O Show Safra BR 163, segundo Piccini, já é uma referência de evento técnico e comercial em Mato Grosso e no Brasil, posicionando-se entre as grandes feiras do segmento no país. Dele participam empresas de toda a cadeia do agronegócio, apresentando seus produtos e debatendo com o produtor rural os temas que afetam seu dia a dia.

A estimativa dos organizadores é de que a edição 2016 tenha um crescimento de 20% a 30% no número de expositores em relação a 2015, devendo chegar a cerca de 160 participantes. O crescimento do número de marcas que estarão representadas pelos próprios fabricantes é de 40% em relação ao ano passado, o que aponta também para um crescimento do público participante, que em 2015 foi superior a 25 mil pessoas.

Para atender a demanda de crescimento do evento e garantir conforto ao público visitante, bem como aos expositores, a Fundação Rio Verde investiu na melhoria de infraestrutura. Uma das novidades é que 100% das passagens para pedestres estão pavimentadas.

“Não poderíamos fazer uma feira que tem renome nacional se não estivéssemos preparados para receber as empresas e pessoas que vêm do Brasil inteiro. Então, readequamos o parque para ficar no nível de qualidade dos maiores e melhores do Brasil”, acentuou Piccini.

Programação

No que diz respeito à programação, além das palestras técnicas sobre pragas, doenças, nutrição, plantas daninhas e integração de tecnologias, o Show Safra BR 163 contará com grandes nomes do agronegócio brasileiro, como o ex-ministro da Agricultura Roberto Rodrigues e o economista Alexandre Mendonça de Barros.

A preocupação com a difusão de conhecimento para formação de capital humano também está no foco dos organizadores do Show Safra BR 163, que neste ano terá a palestra do filósofo Clóvis de Barros Filho, doutor e livre docente pela Escola de Comunicação e Artes da USP, graduado em Direito pela USP e em Jornalismo pela Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero, mestre em Science Politique pela Université de Paris 3 – Sorbonne-Nouvelle e doutor em Ciências da Comunicação pela USP. No Show Safra, ele falará de valorização e crescimento humano, fazendo um resgate de valores como o respeito e a confiança.

“A preocupação da organização do evento é sempre eleger temas atuais, além da técnica e a prática de campo, sempre buscamos especialistas de renome nacional para os mais variados temas”, ressalta o diretor-executivo da Fundação Rio Verde, Rodrigo Pasqualli.

Uma das novidades da programação deste ano, conforme Pasqualli, é uma palestra que apresentará uma súmula de todos os temas técnicos. “Uma palestra que abordará todas as tecnologias de produção em cima de uma técnica de manejo”, salienta.

O Show Safra BR 163 acontece de 29 de março a 1º de abril, na Fundação Rio Verde, em Lucas do Rio Verde. A palestra do ex-ministro Roberto Rodrigues está marcada para o dia 29. A palestra do economista Alexandre Mendonça de Barros será no dia 30 e o filósofo Clóvis de Barros Filhos ministrará sua palestra no dia 31 de março.

Fonte: MT Agora – Fundação Rio Verde