Assembleia Itinerante SaudeA 3ª edição do projeto “Assembleia Itinerante: Valorizando o Legislativo” que aconteceu nesta sexta-feira (26), em Sinop, reuniu prefeitos e vereadores de 12 municípios da região Norte de Mato Grosso. Eles apresentaram como principais demandas, melhorias nos hospitais regionais e regularização fundiária.

O prefeito de Tapurah, Luiz Umberto Eickhoff, esteve presente no evento acompanhado da primeira dama e secretária de Assistência Social, Danielle Eickhoff; secretário de Saúde, Valmor de Oliveira; secretária de Educação, Claudia Maria Borges; chefe de gabinete, Nahyara Gomes; presidente da câmara de Tapurah, Odair Nunes e vereadores. Além deles, também viajaram para Sinop algumas pessoas que foram indicadas para receber moção de aplausos durante o evento, entre eles os servidores Diones Teresinha Bento da Silva Picolotto e Lourivaldo Lourenço de Oliveira.

 Eickhoff comentou que a reunião foi extremamente proveitosa, onde os chefes dos executivos e vereadores puderam apresentar todas as solicitações para os deputados estaduais e federal. “Essa iniciativa dos deputados virem para o interior ouvir os prefeitos, vereadores e comunidade, ouvindo as nossas dificuldades, é muito importante. A Assembleia Legislativa ficava muito centralizada na capital e precisava se aproximar para ter essa visão do que é necessário e das dificuldades que temos aqui. No nosso município, falamos dos problemas da saúde, reivindicamos melhorias para o hospital regional de Colíder, Sorriso e Sinop”.

Ele ressaltou que “as principais demandas, que em todos os municípios existem, são os problemas de saúde que temos hoje no Estado. Nós precisamos que os repasses sejam melhorados e a forma de gestão seja definida para que os trabalhadores dessas áreas também tenha mais tranquilidade de conduzir os seus trabalhos e a atenção à saúde que nós precisamos aqui na nossa região também”.

O presidente da Assembleia Legislativa, Guilherme Maluf (PSDB), após pedidos de vereadores do município de Colíder, que relataram os problemas no setor e com a Organização Social de Saúde (OSS) que administrava o hospital regional da cidade, afirmou que solicitará uma audiência com o Governo do Estado para a realização de uma reunião ampliada, com o objetivo de solucionar o tema.

“A saúde está em situação difícil em todo o país, e os agentes políticos precisam fazer uma força tarefa para colocar esse setor no rumo. Fiz uma proposta durante o encontro de defender que o Hospital Regional de Colíder seja repassado para uma OSS, pois existem outras que são sérias e executam um bom trabalho. Tenho dúvidas se o consórcio intermunicipal teria a condição, em curto espaço de tempo, de tocar o hospital”, afirmou Maluf.

No início do mês, o Governo do Estado nomeou um servidor para administrar o Hospital Regional, após a rescisão de contrato entre o Estado e o Instituto Pernambucano de Assistência à Saúde (Ipas).

Com base eleitoral na região Norte, o deputado Pedro Satélite (PSD) lembrou que a saúde está ‘doente’ no Brasil e em Mato Grosso não é diferente. “Temos uma série de problemas nos hospitais regionais, como no de Colíder, Alta Floresta e no Hospital Metropolitano, que foram geridos por OSS que prestou um desserviço ao Estado, precisamos resolver esse impasse que já dura um tempo, e a Assembleia Legislativa ouviu as reivindicações dos prefeitos, estávamos já discutindo o assunto, e agora com mais ênfase, porque o clamor é grande”, disse.

Regularização fundiária e outros temas

De acordo com o deputado federal Nilson Leitão (PSDB), projetos como o Assembleia Itinerante aproximam os legislativos e discute problemas das regiões, como no caso da região Norte, da regularização fundiária.

“Nossa legislação fundiária tem idade quase que centenária. Falamos muito aqui daquilo que estamos tratando em Brasília, como a CPI do Incra e da Funai, e a questão fundiária de Mato Grosso sempre vai ser uma bandeira muito grande em regiões como essa, onde a terra valorizou muito, a produção aumentou e a insegurança jurídica prejudica o proprietário”, disse.

Prefeitos ou representantes dos municípios de Sinop, Lucas do Rio Verde, Sorriso, Ipiranga do Norte, Feliz Natal, Nova Ubiratã, Itanhangá, Santa Carmem, Vera, Claudia e União do Sul também participaram da discussão, juntamente com mais de 70 vereadores.

Outro tema que foi discutido foi a proposta de ampliação de recursos de entidades filantrópicas, como APAE, orfanatos e asilos. “Recebemos as demandas e agora cabe a Assembleia Legislativa a interlocução junto ao Governo do Estado, e uma das questões abordadas foi a APAE, onde pode-se transformar em lei para que possam ser incluídas no orçamento do governo e possam ser cumpridas. Trazer a estrutura do Poder Legislativo para ouvir a sociedade é muito importante”, disse o deputado Silvano Amaral (PMDB), um dos três parlamentares de Sinop.

Da cidade de Sinop, o deputado Dilmar Dal Bosco (DEM) afirmou que o Poder Legislativo promove essa ação pensando no macro. “Muitas vezes estamos no serviço parlamentar dentro da Assembleia Legislativa, mas o resultado reflete na casa do trabalhador. Com esse projeto, vamos em todas as regiões ouvir de perto as demandas e para nós é importante conversar com prefeitos e vereadores”.

Já o deputado Baiano Filho (PMDB), também de Sinop, disse que o Assembleia Itinerante mostra um Poder Legislativo em movimento, percorrendo as regiões com esse objetivo de aproximar da sociedade. “Na busca de levar e adquirir informações para depois discutirmos as demandas com o Governo e trabalharmos as políticas públicas necessárias”.

Com 10 anos de parlamento, José Domingos (PSD) disse que essa é a primeira vez que a Assembleia Legislativa está indo para o interior ficar mais próximo da sociedade. “Também é uma oportunidade para mostrarmos o que estamos fazendo em prol da qualidade de vida da população”, disse o parlamentar que também tem base eleitoral na região.

O deputado José Carlos do Pátio (SD) participou da sessão especial e destacou as discussões de políticas públicas e homenagens para pessoas que contribuíram com o desenvolvimento da região.

Sessão Itinerante

Além da reunião com prefeitos e vereadores, na sexta-feira foi realizada uma sessão especial na Câmara Municipal para debater as reivindicações da classe política e prestar homenagens a desbravadores dos 12 municípios e pessoas com ações importantes na sociedade.

Neste sábado, foi realizado o Mutirão da Cidadania com serviços como primeira e segunda via de identidade, CPF, título de eleitor, orientações jurídicas da Defensoria Pública, banco postal, orientações de prevenção as drogas pela equipe do Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas), e orientações às crianças e jovens por meio do projeto Luz do Amanhã da Polícia Militar (PM) que visa reduzir a criminalidade.

O Mutirão da Cidadania também contou com o Espaço Saúde que vai realizar exames de glicemia e aferição de pressão, o Espaço Beleza com corte de cabelo feminino e masculino, além de recreação com brinquedos, picolé e pipoca para as crianças.

Na sexta-feira, foram realizados cursos de capacitação para professores e agentes de saúde, além de palestra sobre a ortografia. Também participaram de atividades da Assembleia Itinerante, o deputado Pery Taboreli (PV), o ex-deputado federal Roberto Dorner, a vice-prefeita de Sinop, Rosana Martinelli, o presidente da Câmara Municipal de Sinop, Mauro Garcia (PMDB), o vereador Fernando Assunção (PSDB) e demais prefeitos e vereadores dos municípios.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Tapurah